Resenha - Caminho das Sombras

Título: Caminho das Sombras - Anjo da Noite | Livro 1
Título Original: The Way of Shadows
Autor(a): Brent Weeks
Tradutor(a): Fernanda Abreu
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 431
Página do Skoob: Clique Aqui
Gênero: Ficção; Fantasia; Fantasia Épica


"Nós vencemos porque perder é um insulto. Os fins não justificam os meios. Os meios não justificam os fins. Não há ninguém com quem se justificar. Não há justificação. NÃO HÁ JUSTIÇA."

Azoth é um jovem de 11 anos que vive meio as 'Tocas', lugar habitado por guildas, formadas por crianças pobres e administradas por líderes abusivos, mas são a única chance das crianças desprivilegiadas de terem comida e o mínimo de proteção necessária.

"Os relacionamentos são uma corda. O amor é uma forca. Se você vier comigo, terá que desistir do amor. Sabe o que isso significa?"

Durzo Blint é um articuloso e habilidoso Derramador, e Azoth confere de perto as habilidades do assassino perfeito e determina que para deixar de sentir medo e proteger a si mesmo e a quem ama ele teria que se tornar aprendiz de Blint. O problema é: Durzo nunca teve interesse em ter um aprendiz e nada indica que com Azoth as coisas seriam diferentes.

"A vida é vazia. O amor é um fracasso. É melhor morrer agora do que fazer nós dois sermos mortos depois."

Caminho das Sombras percorre uns bons 9 anos de história de Cenária, Azoth, Blint e o mundo criado por Brent Weeks na trilogia Anjo da Noite.

"Palavras eram poder, afirmava ela. Palavras eram uma segunda espada para o homem que soubesse manejá-las."

O livro evoca feelings da trilogia "A Mão Esquerda de Deus" com um twist das "Crônicas de Gelo e Fogo". Só que o que faz Caminho das Sombras ter uma abordagem única são suas particularidades, tanto na escrita quanto no enredo. Weeks não é tão descritivo que nem George R. R. Martin, e tem uma narrativa bem mais fluida que o do britânico Paul Hoffman. As três histórias são igualmente cativantes, mas o desenvolvimento de cada uma tem sua especificidade.

A narrativa é em terceira pessoa, e é focada em diferentes núcleos e em diferentes situações, fugindo do foco do 'protagonista' e dando ao leitor uma visão geral do que está acontecendo e a movimentação das peças do jogo.

"As máscaras mudam, mas os mascarados permanecem os mesmos, não é?"

Mortes, assassinatos, envenenamentos, horroridades, traições, amores, aprendizados, disputas pelo trono, jogos de poder, estratégias.. 

O primeiro livro da trilogia Anjo da Noite aborda tudo isso e muito mais de uma maneira dinâmica e surpreendente, conseguindo cativar o leitor e por mais arrastado e confuso que pareça um capítulo ele será explicado e posteriormente compensado com a explosão da história conforme a evolução dos eventos... :x

"Se eu quisesse a verdade olharia para um espelho. O importante na vida não é a verdade, é fazer o melhor com o que se tem."

Os personagens não poderiam ser mais cativantes! Azoth, Jarl, Menina-Boneca, Logan, Mama K, Conde Drake e até Durzo.. Existem vários núcleos que tem igual importância para o decorrer da trama e também para a determinação do futuro do reino, e até do mundo, em que vivem.

Pobes, Ricos, Nobres, Assassinos, Reis, Derramadores, Bruxos, Magos, Vürdemeisters...

Deixo a dica para se atentar aos nomes dos personagens, alguns capítulos 'curtos' no 'começo' do livro com alguns personagens que parecem 'aleatórios' acabam sendo arrematados depois. Então se lembrar e entender o 'background' é bem interessante e ajuda na leitura, já que quando o personagem aparecer você lembrará dele.. rs

"Esperança são mentiras que contamos a nós mesmos em relação ao futuro."

A trilogia foi lançada nos EUA em 2008, e agora chegou ao Brasil pela Editora Arqueiro que já anunciou o lançamento dos dois outros títulos da trilogia e são eles: "À Margem das Sombras" e "Além das Sombras". A previsão de lançamento do segundo volume aqui no Brasil é de Setembro de 2016.

As capas brasileiras das sequências podem ser vistas no verso do primeiro volume. ;)

E em 2011 o autor lançou o volume 0.5 da trilogia, chamado "Perfect Shadow", que conta as origens do personagem Durzo Blint, mas ainda não há qualquer informação de lançamento aqui no Brasil desse volume.

Brent já publicou outra série, chamada Lightbringer, mas não há nenhuma informação da publicação dos livros no Brasil por enquanto.

No site oficial do autor você encontra artes dos personagens e a lista dos personagens.. que pode ser de grande ajuda.

"Pronto, assim era. A economia divina. Para alguém viver, outro precisava morrer."

O livro me surpreendeu muito e me chocou em vários momentos. A relação história-personagens é muito bem construída e segue de uma forma crescente até um final que na verdade não chega nem perto de ser um final. #vemvolumedois

A trilogia Anjo da Noite pode ser considerada uma fantasia épica, mas bem mais direcionada para um público jovem-adulto, o que realmente me agradou muito e se você se interessa pelo gênero e ficou interessado com certeza encontrará nessa história um ótimo passatempo.

Marcadores: , , , , ,